terça-feira, 10 de abril de 2018

ESTES CASTELOS ABANDONADOS TÊM UMA HISTÓRIA PARA CONTAR (com fotos)


Estes castelos estão abandonados mas não deixam de ter uma história




Foram em tempos fortalezas, símbolo de poder e força, e casa de famílias importantes. Atualmente, alguns estão abandonados ou em ruínas, mas não deixam de ser uma atração turística e com uma história interessante para contar.

 

Veja as fotos 


Castelo de Ballycarbery, Condado de Kerry, Irlanda. O castelo pertenceu a McCarthy Mor. Depois da morte de McCarthy Mors passou a pertencer a Sir Valentine Browne. A história conta que em 1652 foi fortemente atacado pelas forças do  Parlamento durante a Guerrasdos Três Reinos.


Castelo de Loarre, Huesca, Espanha.O castelo remonta ao século XI, foi erguido por ordem do rei Sancho III de Navarra. Foi classificado como Património Cultural e Monumento Nacional em 1906



Castelo de Morano Calabro, Itália. Pesquisas revelam que as suas origens remontam ao tempo dos romanos, sendo no inicio uma fortaleza.



Castelo de Caudilla, Espanha. Também conhecido como Rivadeneyra, foi construido no século XV por Hernando de Rivadeneira. Deste castelo pariu Enrique IV com cem cavaleiros para dominar a cidade de Toledo que era partidária do Infante D. Afonso. Actualmente, apenas uma pequena torre circular permanece. Está classificado como Património Histórico espanhol.  



Castelo Cesis, Letónia. Com mais de 800 anos de história, Cesis é uma das mais bem preservadas cidades medievais do Báltico. O seu castelo está inserido em um parque natural e oferece exposições e  actividades medievais aos seus visitantes.
Cruzados alemães conhecidos como os Irmãos Livonianos da Espada iniciaram a construção do castelo em 1209. O castelo foi ampliado e fortificado e serviu de residência ao Mestre Local da Ordem Teutônica de 1237 até 1561, com interrupções periódicas



Castelo de Corfe, Dorset, Inglaterra. Este edificio fortificado foi a sede ancestral da familia Bankes e remonta ao século XI.



Castelo de Kilchurn, Escócia. É uma ruina do século XV e era a casa ancestral dos Campbells de Glenorchy. Depois da familia se mudar para outro castelo, nunca mais foi usado. Actualmente é gerido pelo Ambiente Histórico da Escócia e durante o verão está aberto aos visitantes.



Castelo de Spis, Eslováquia. É um dos maiores castelos em ruínas da Europa Central. Foi construido entre os séculos XIII e XIV e faz parte do Património Mundial da Unesco.



Fonte: https://viagens.sapo.pt/viajar/viajar-mundo/artigos/estes-castelos-estao-abandonados-mas-nao-deixam-de-ter-uma-historia#&gid=1&pid=8

1 comentário:

  1. Hola, me he pasado a conoce News2050 al ver que participa en los Premios20Blogs. Yo también participo con mi blog que es único en el concurso por su temática, si os apetece pasaros a ojearlo, podéis pinchar en mi nombre sobre este comentario. Saludos desde Lepe y mucha suerte.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...